DICAS PRA VOCÊ!

Data: 20/10/2016

70% das crianças em idade escolar têm dificuldades para enxergar

Imagem: studentinglasses2.jpg

Estudo apresentado é do Instituto Penido Burnier de Campinas.


Nem todos precisam de óculos, mas acompanhamento é necessário.

 

Setenta por cento das crianças de Campinas (SP) em idade escolar têm algum tipo de dificuldade para enxergar. Nem todas precisam de óculos, mas um acompanhamento é necessário, segundo os especialistas. Os dados são do Instituto Penido Burnier.

 

Na cidade, a estimativa do censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta a população de 64 mil crianças entre 5 e 9 anos, ou seja, no processo de alfabetização. Deste grupo, 19,6 mil têm problemas na visão, ou 30% delas. Ainda deste total, 18 mil podem ter a visão corrigida por óculos.

 

"Dependendo da maneira que isso vá se dando ao longo do tempo pode causar um atraso para esta criança", explica o diretor pedagógico da Secretaria Municipal de Educação, Juliano Pereira de Mello.

 

Um projeto envolvendo o instituto e a Prefeitura dá oportunidade para que 1,6 mil alunos da rede municipal entre 5 e 9 anos passem por exames para detectar se elas têm algum tipo de problema para enxergar. É nesta faixa etária que a visão está em desenvolvimento e pode acarretar em problemas no futuro.

 

O objetivo é inibir o chamado "Olho Preguiçoso", quando a criança força e usa um olho mais que o outro. "Se nós não diagnosticarmos e tratarmos nesta faixa etária, este olho depois dos 9 ou 10 anos vai ser um olho preguiçoso. Esta criança vai ter uma visão monocular", afirma o médico Leôncio Queiroz Neto, coordenador do projeto.

 

Um estudo com as primeiras crianças que participaram do projeto aponta que o rendimento escolar melhorou 50%. E 49% delas terminam tarefas que não conseguiam antes.

 

As crianças que precisarem de óculos vão recebê-los de graça e ainda vão poder escolher a armação. Quem produz os óculos são voluntários de uma organização não governamental da Itália. Os alunos que não precisam usar ganham modelos de sol, que também protegem.


Fonte: G1

voltar